Mais Beiras Informação

Informação regional

Vila de Fornos de Algodres acolheu Conferências da Estrela

Fornos de Algodres recebeu na passada terça-feira, 22 de janeiro, a 5ª edição das Conferências da Estrela 2018/2019 sob o lema “os Produtos Locais: da sua preservação ao valor acrescentado”, cujo tema central foi a Oliveira.

O evento decorreu no Salão Nobre da Câmara Municipal de Fornos de Algodres sob o lema “Os Produtos Locais: da sua preservação ao valor acrescentado”.
Em representação do Município esteve Bruno Costa, vereador do Ambiente, e Alexandre Lote, vice-presidente da autarquia, que abriu a sessão referindo-se à “importância destes colóquios para a economia local e promoção dos produtos endógenos”.
A Conferência prosseguiu como a intervenção de Gisela Firmino, técnica Associação Geopark Estrela, que explicou aos presentes as áreas de intervenção da mesma e projetos que desenvolve; seguindo-se a intervenção de Laura Quaresma, responsável pelo Museu do Azeite que, recentemente, abriu portas na Bobadela, concelho de Oliveira do Hospital. Durante a sua intervenção, a responsável dissertou sobre o Museu e projetos futuros. Por fim, Susana Ferreira, da empresa Azeite do Lagar do Cadoiço e detentora de uma marca própria, com sede na localidade de Cadoiço, concelho de Fornos de Algodres, explicou todo o processo de transformação da azeitona até ao azeite, bem como todas as exigências com que o setor se depara atualmente.

Este encontro inseriu-se numa série de nove conferências que, durante nove meses, a Associação Geopark Estrela, entidade responsável pela candidatura da Estrela a Geopark Mundial da UNESCO, irá percorrer nove municípios com nove temáticas diferentes, que constituem as “Conferências da Estrela”.
A organização apela à participação da comunidade, incentivando a participação na construção deste futuro Geopark Mundial da UNESCO.

O Aspiring Geopark Estrela é um organismo que tem por missão contribuir para a proteção, valorização e dinamização do património natural e cultural, com especial ênfase no património geológico, numa perspetiva de aprofundamento e divulgação do conhecimento científico, fomentando o turismo e o desenvolvimento sustentável. Apostar na melhoria da qualidade de vida das populações dando amplo relevo à educação, ao desporto, às artes, à cultura e ao turismo, promovendo a competitividade territorial do destino Serra da Estrela são outros dos objectivos.
O raio de acção desta entidade é o território do Geopark Estrela, com uma área total de 2.737,72 Km2 e 171.668 habitantes, pertencentes aos municípios de Belmonte, Celorico da Beira, Covilhã, Fornos de Algodres, Gouveia, Guarda, Manteigas, Oliveira do Hospital e Seia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close