Diretor: Paulo Menano

Viseu Dão Lafões aprova contas com saldo de gerência de 1,5 milhões de euros

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões aprovou por maioria as contas de 2020, que apresentam um saldo de gerência de 1,5 milhões de euros (ME), disse hoje à agência lusa o secretário executivo.

“As contas foram aprovadas por maioria, Viseu votou contra, como todos os anos. E dos deputados de Viseu nem todos votaram contra, houve abstenções. As contas traduziram um saldo de gerência que transitou para a gerência de 2021 de mais de 1,5 milhões de euros”, disse Nuno Martinho.

Mas, “mais do que as contas aprovadas, é o reflexo do conselho e da assembleia do trajeto e do trabalho intermunicipal que tem sido realizado pela comunidade intermunicipal”.

Nuno Martinho disse que hoje “são muitas as áreas” que a CIM Viseu Dão Lafões gere entre os 14 municípios que a integram, “para além do trabalho técnico que faz enquanto organismo intermédio de gestão de fundos comunitários”.

“A CIM gere um envelope financeiro com os vários programas operacionais regionais e temáticos e, além disso, do contrato de subvenção global da contratualização e do apoio aos municípios na gestão dos projetos e nas análises das candidaturas, hoje a CIM também tem e gere um sistema de incentivos às empresas, às micro e pequenas empresas”, acrescentou.

Neste sentido, este responsável insistiu que, “mais do que as contas aprovadas, é o reconhecimento do trabalho intermunicipal que a CIM faz” e a relação enquanto “plataforma de cooperação institucional e a forma como se envolve com o tecido institucional” da região.

Nomeadamente, exemplificou, a CIM tem desenvolvido projetos intermunicipais na área da educação, da cultura, do emprego, das empresas, também do empreendedorismo e na área do turismo, e “muitos deles são indutores de desenvolvimento e de competitividade deste território”.

Nuno Martinho reconheceu ainda que “o saldo de gerência é o mais alto de sempre”, por uma “razão muito simples que foi explicada na assembleia intermunicipal, e que tem a ver com um conjunto de verbas que só foram transferidas para a CIM nos últimos dias do ano de 2020 pela administração central do Estado”.

Integram a CIM Viseu Dão Lafões os concelhos de Aguiar da Beira (distrito da Guarda), Carregal do Sal, Castro Daire, Mangualde, Nelas, Oliveira de Frades, Penalva do Castelo, São Pedro do Sul, Santa Comba Dão, Sátão, Tondela, Vila Nova de Paiva, Viseu e Vouzela.

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close