Diretor: Paulo Menano

Tribunal da Relação confirma pena máxima a Pedro Dias

O Tribunal da Relação de Coimbra manteve a decisão do Tribunal da Guarda de condenar Pedro Dias a 25 anos de prisão pelos vários crimes cometidos em Aguiar da Beira, a 11 de outubro de 2016, entre os quais três homicídios.

A decisão confirma a decisão da primeira instância por considerar improcedente o recurso da defesa de Pedro Dias “em todas as questões”, adiantou fonte do tribunal. Recorde-se que Pedro Dias foi condenado em março deste ano por três homicídios consumados a 11 de outubro de 2016.
Nessa madrugada, Pedro Dias terá tirado a vida a Carlos Caetano, militar da GNR, a Liliane e Luís Pinto, o casal que viajava na Estrada Nacional 229 em direcção a Coimbra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close