Diretor: Paulo Menano

Seia promove este domingo 10ª edição do Festival Especial

O Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia acolhe no próximo domingo, 26 de maio, mais uma edição do Festival Especial, um festival que celebra o talento das crianças e jovens portadores de deficiência. No dia anterior, sábado, realiza-se a 2ª edição da Conferência de Terapias Expressivas em Seia.

Crianças e jovens especiais serão os protagonistas de mais uma edição de um festival que promove o talento e a diferença. No palco do Cineteatro da Casa Municipal da Cultura de Seia, estes jovens vão mostrar à comunidade o seu enorme talento.
O espetáculo será protagonizado por “crianças e adultos da Casa de Santa Isabel, do Centro de Atividades Ocupacionais (CAO) da Casa do Povo de Seia e da Fundação Aurora Borges e ainda, por crianças autistas e portadoras de deficiência das unidades de ensino estruturado do concelho”, refere a autarquia em comunicado.
O Festival este ano conta ainda com a participação especial da Banda APPDA Lisboa, a primeira organização portuguesa dedicada ao autismo.
Organizado pelo município de Seia desde 2009, o espectáculo “nasceu da vontade e determinação em mostrar ao público o resultado das sessões de musicoterapia promovidas pela autarquia. Estas têm revelado evoluções inegáveis na cumplicidade, interação e comunicação das crianças e jovens. Assim, criaram-se alicerces para mostrar ao mundo que a diferença não importa, revelando que não há pessoas mais empenhadas e sinceras no que fazem”.


Conferência de Terapias Expressivas
Paralelamente ao festival, o Município de Seia em parceria com a Associação de Musicoterapeutas MUTEpt promove no sábado, 25 de maio, também na Casa Municipal da Cultura, a 2ª edição da Conferência de Terapias Expressivas em Seia.
Subordinada ao tema “Diferentes Contextos das Terapias Expressivas”, a conferência pretende ser um ponto de encontro e de partilha de experiências entre musicoterapeutas, visando reforçar a divulgação da Musicoterapia e de outras Terapias Expressivas nos diferentes contextos de intervenção associados às diferentes fases do ciclo de vida.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close