Diretor: Paulo Menano

Sabugal recebe COETUR com objetivo de captar novos empresários

O VI Congresso Europeu de Turismo Rural (COETUR), que hoje começa no Sabugal, tem como objetivo a captação de novos empresários para o setor. Para Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro Portugal, o congresso, que se prolonga até amanhã, deve contribuir também para que Portugal e Espanha criem um “verdadeiro destino turístico”, consolidando as relações bilaterais. O evento mobiliza cerca de 200 participantes.

Sob o mote “Destino Ibérico, Turismo Rural aquém e além fronteiras”, o VI Congresso Europeu de Turismo Rural (COETUR), que tem a Extremadura como destino convidado, realiza-se no território das Aldeias Históricas de Portugal, no Sabugal.
Na apresentação do evento, Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro Portugal, referiu que o COETUR deverá permitir aos empresários encontrar bolsas de investimento nos territórios rurais. “Queremos criar condições para captar investimento. Este congresso trata muito da dinâmica dos empresários”, realçou Pedro Machado, indicando que as bolsas de investimento são importantes no desenvolvimento de projetos, como na restauração, nos alojamentos, na animação turística e nos serviços.
Para Pedro Machado, o congresso deve contribuir para que Portugal e Espanha criem um “verdadeiro destino turístico”, consolidando as relações bilaterais.
“Espanha é hoje o nosso primeiro mercado externo. Queremos consolidar, não a relação que temos com o nosso primeiro mercado externo emissor, mas queremos reforçar e tirar partido desta relação”, declarou, reconhecendo que o combate ao turismo sazonal também é um objetivo. O presidente do Turismo do Centro Portugal adiantou ainda que o congresso, que vai decorrer pela primeira vez em Portugal, terá preocupação em valorizar os territórios de baixa densidade, de modo a atenuar “algum preconceito sobre um turismo que muitas vezes não tem a mesma oferta, com a mesma qualidade, de outros segmentos de mercado”.
Por seu lado, o presidente da Câmara do Sabugal, António Robalo, explicou que o congresso tem a ver com a estratégia do município e das aldeias de Portugal, onde serão discutidas novas dinâmicas relacionadas com o turismo em espaços rurais na Península Ibérica. “Temos a oportunidade de concertamos estratégias para melhor trabalharmos, numa situação nova, numa nova identidade”, disse, assinalando que o evento irá debater a “globalização do destino ibérico”.

Congresso mobilizará duas centenas de participantes
Organizado pela plataforma digital espanhola Escapada Rural, o VI Congresso Europeu de Turismo Rural (COETUR) mobiliza cerca de 200 participantes.
A diretora de Comunicação e Relações Institucionais da Escapada Rural, Ana Alonso, considerou que o evento é “dirigido a todos”, com o objetivo de trabalhar a favor do destino ibérico. “As circunstâncias são excelentes para realizar o congresso em Portugal. Tentamos criar uma ideia de Portugal e Espanha como destino único”, disse Ana Alondo.
Recorde-se que a rede das Aldeias Históricas de Portugal é constituída por 12 localidades: Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close