Diretor: Paulo Menano

Peter Hook, Paulo Gonzo e Katia Guerreiro no TMG

Nomes como Paulo Gonzo (26 de janeiro), Peter Hook (13 de abril) e Katia Guerreiro (25 de abril) são os grandes nomes que, nos próximos meses, passarão pelo palco do Teatro Municipal da Guarda (TMG).

Paulo Gonzo, Katia Guerreiro e Peter Hook são os grandes nomes da música nacional e internacional que vão passar pelo TMG até abril. Aquando a apresentação da programação para os meses de janeiro, fevereiro, março e abril, o vereador da Cultura da Câmara Municipal da Guarda, Victor Amaral, disse que a programação do TMG para os próximos quatro meses é diversificada e inclui estreias nacionais e “artistas que vêm pela primeira vez à Guarda”. Segundo o autarca, a programação enquadra-se na orientação estratégica “de reforçar a oferta cultural, no fundo, torná-la mais cosmopolita, torná-la cada vez mais atraente no plano regional e no nacional e internacional”.
O cantor Paulo Gonzo sobe ao palco do grande auditório do TMG pelas 21:30 do dia 26 de janeiro e, no dia 13 de abril, é a vez de o antigo baixista dos New Order Peter Hook atuar naquele espaço, um dia depois de marcar presença na Aula Magna, em Lisboa, e antes do espetáculo na Casa da Música, no Porto.
No dia 25 de abril a cantora Katia Guerreiro atua no mesmo espaço, no âmbito das comemorações do 14.º aniversário do TMG.
Ainda na música, destaque para os concertos “Marinheiros da Esperança”, pela Banda da Armada (dia 11 de janeiro), Helder Bruno (31), Scott Matthews (02 fevereiro), Cristina Bacelar (08), Rogério Charraz & Os Irrevogáveis (20), Rui Massena Band (16 março) e “Por Terras do Zeca”, em tributo à obra de Zeca Afonso.
No entanto, nem só de música se fará a programação dos próximos meses no TMG. Segundo o coordenador e programador Victor Afonso estão agendadas 54 atividades, sendo 11 extra programação. No teatro, destaque para as peças “Pela Água”, de Tiago Correia (24 de janeiro), “Mas ninguém mata a cegonha?”, pelo Teatro do Imaginário (14 fevereiro), “Eu saio na próxima, e você?”, de Filipe La Féria (28 fevereiro e 01 março), “Ruy de Carvalho – Trovas & Canções – atores, poetas e cantores” (08 março), “Primavera”, por Fértil Cultural (28) e “Una Donna Sola”, pelo Teatro das Beiras (11 abril). Nos primeiros quatro meses do ano, o TMG também vai receber o concerto/dança para surdos e outras audições “SYN.Tropia” (18 e 19 de janeiro) e o espetáculo de ópera “Tudo Nunca Sempre O Mesmo Diferente Nada”, de Tiago Cutileiro (23 fevereiro).

No âmbito da estratégia da candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027, serão também realizadas cinco tertúlias denominadas “Conversas de Café”, onde serão discutidos os temas “Património cultural como fonte de criação artística” (29 de janeiro), “Design e produtos endógenos: da tradição à inovação” (15 fevereiro), “A Cultura não tem idade: inclusão e vida ativa pelas artes” (09 março), “A fruição artística na escola: desafios pedagógicos” (29) e “A diáspora: patrimónios da emigração na região da Guarda” (26 de abril).
No âmbito do projeto “Fora da Caixa”, desenvolvido pelo setor ICAA – Intervenção Cultural, Animação e Associativismo, coordenado por Carla Morgado, até abril, serão ainda realizadas várias atividades na cidade e nas freguesias do concelho da Guarda.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close