Mais Beiras Informação

Informação regional

Município de Gouveia aprova protocolo para construção de centro de recolha oficial de animais

A Câmara Municipal de Gouveia aprovou, na reunião de câmara do dia 28 de maio (ontem) o protocolo que será celebrado entre o Município de Gouveia e o Município de Celorico da Beira para a construção do centro intermunicipal de recolha de animais errantes (cães e gatos) que será comum aos dois concelhos. A deliberação da Câmara Municipal de Gouveia reconheceu a influência positiva que os animais de companhia têm, neste momento, numa sociedade cada vez mais sensível para as questões da saúde e bem-estar animal, das quais o Município de Gouveia entende dever ser promotor.
A deliberação também referiu, por outro lado, a necessidade de protagonizar uma solução para o controle dos problemas de saúde e segurança públicas associados à proliferação de animais errantes em liberdade e as obrigações do Município em matéria de captura, alojamento, esterilização e promoção da adoção de animais de companhia. Refere ainda que, em resultado da entrada em vigor da Lei nº 27/2016, de 23 de agosto, que veio estabelecer a proibição do abate como forma de controlo da população de animais errantes, a população de animais errantes do Município de Gouveia, alojados no Centro de Recolha Oficial de Cães e Gatos do Município de Seia e do Canil Municipal da Guarda, na sequência dos protocolos estabelecidos com esses municípios, tem vindo a crescer, sendo por isso necessário criar uma estrutura que assegure ao Município de Gouveia a possibilidade de continuar a prestar um serviço público de qualidade neste domínio. Como é sabido, os Municípios de Gouveia e Celorico da Beira não possuem respostas municipais próprias para estas necessidades, nomeadamente no que diz respeito as instalações físicas, pelo que entendem que a estruturação deste serviço num quadro intermunicipal, com a partilha de recursos físicos financeiros e humanos, é a melhor solução para servir o interesse público.
Por esse motivo, irão apresentar uma candidatura intermunicipal a um programa de financiamento, com o objetivo de avançar à fase de obra, assim que possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close