Diretor: Paulo Menano

Líder do PSD da Guarda sugere “ponderação” na eventual coligação com o CDS

Carlos Peixoto, vice-presidente da bancada e líder da distrital da Guarda do PSD, sugeriu que deve ser feita uma “ponderação das vantagens e inconvenientes” de uma eventual coligação pré-eleitoral com o CDS-PP para as próximas eleições legislativas.

Carlos Peixoto fez essa sugestão na reunião das distritais com o presidente do PSD, Rui Rio, na passada terça-feira. “O PSD tem de fazer essa ponderação das vantagens e inconvenientes em irem juntos ou irem sozinhos. Para além da ponderação, devem assumir as consequências”, afirmou.
No entanto, a sugestão do vice-presidente da bancada e líder da distrital da Guarda do PSD terá tido poucos ecos na reunião e que o líder do PSD, Rui Rio, não se pronunciou sobre a mesma.
Recorde-se que nas últimas legislativas, PSD e CDS-PP concorreram coligados, conseguindo a coligação Portugal à Frente 36,86% dos votos, mais de quatro pontos percentuais à frente do PS. No total (com os eleitos pelo PSD sozinho na Madeira e nos Açores), PSD e CDS-PP elegeram 107 deputados, que foram insuficientes para fazer aprovar o programa do XX Governo Constitucional, que durou menos de um mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close