Mais Beiras Informação

Informação regional

José Tomás apresenta recandidatura à Provedoria da Santa Casa da Misericórdia de Mangualde

O actual Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mangualde, José Tomás, apresentou esta terça-feira, 06 de novembro, a sua recandidatura ao cargo para o quadriénio 2019-2022. As eleições decorrem a 01 de dezembro.

Numa conferência de imprensa que contou com a presença de outros elementos dos órgãos sociais, José Tomás apresentou a sua recandidatura ao cargo de Provedor começando por fazer um balanço do mandato que ainda decorre. “ Considero ser um imperativo apresentar um balanço”, disse José Tomás, destacando que “foi um mandato de muito trabalho e dedicação, com resultados muito positivos, visíveis no crescimento e desenvolvimento da instituição”.
Neste trabalho ao longo destes quatro anos, o actual Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mangualde enumerou algumas das concretizações alcançadas, nomeadamente ao nível dos cuidados com os utentes, a “sustentabilidade financeira da instituição, a motivação e eficiência dos recursos humanos, a regeneração de infra-estruturas equipamentos sociais, o reforço da imagem” da mesma, bem como o aumento em uma centena no número de Irmãos que compõem a Irmandade.
José Tomás destacou ainda como grandes passos deste quadriénio o desenvolvimento e licenciamento do projecto de reabilitação do Lar Morgado do Cruzeiro, cujas obras iniciarão ao longo do primeiro semestre do próximo ano, e a aprovação do projecto de criação do parque multigeracional no Monte Senhora do Castelo, cuja aprovação decorreu no âmbito de uma candidatura ao Portugal 2020, em parceria com o Município de Mangualde.

Considerando ser fundamental “continuar a trabalhar “e dar “resposta aos grandes desafios sociais” que se impõem, José Tomás é recandidato às eleições do próximo dia 01 de dezembro, propondo-se dar seguimento ao trabalho desenvolvido em prol da Instituição, melhorando cada vez mais os serviços prestados aos utentes através de “serviços de excelência”. O recandidato, e a sua equipa, comprometem-se também a “implementar um conjunto rigoroso de medidas de gestão” por forma a “garantir a sustentabilidade financeira da instituição”; continuar a “motivar os recursos humanos e melhorar os seus níveis de eficiência”; “regenerar infraestruturas e equipamentos sociais”, com destaque para o Lar Morgado Cruzeiro cujas alas, norte e sul, serão alvo de intervenções, bem como a construção do parque intergeracional no Monte Senhora do Castelo, e a conclusão das obras dos apartamentos sociais, que serão equipados com 30 camas e funcionarão como residenciais seniores.
Com o objectivo de “continuar a ter uma visão empreendedora que inove e rentabilize as capacidades da Misericórdia de Mangualde” a nível local e regional, José Tomás compromete-se ainda a “regenerar o património” existente; criar uma nova resposta aos utentes cuja valência passará pelo apoio domiciliário; “criar extensões da Misericórdia” em parceria com a autarquia e as juntas de freguesia; “reforçar a imagem da instituição”; “fortalecer e desenvolver o espírito da Irmandade e desenvolver a bolsa de voluntariado através de acções de sensibilização junto da comunidade”.

 

José Tomás, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Mangualde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close