Diretor: Paulo Menano

Hospital da Guarda deita 20 mil euros em medicamentos ao lixo

O Hospital da Guarda terá deitado para o lixo 20 mil euros em medicamentos devido a uma avaria, detetada tardiamente, num dos frigoríficos da farmácia daquela unidade hospitalar.

O JN avança que o Hospital da Guarda terá deitado para o lixo 20 mil euros em medicamentos devido a uma avaria. Segundo fonte daquele hospital, em vez de frigoríficos científicos, o departamento de farmácia tem aparelhos domésticos que avariam sem se dar conta por falta de um sistema integrado de monitorização dos aparelhos de frio.
A equipa que dirige a farmácia hospitalar chegou ainda a mandar os medicamentos para os laboratórios para que fossem avaliados os danos, mas a maioria ficou sem licença de utilização. Tratava-se, essencialmente, de medicamentos injetáveis, alguns destinados à oncologia.
Contactado pelo Jornal de Notícias, o Conselho de Administração não deu ainda qualquer satisfação sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close