Diretor: Paulo Menano

Gouveia promove campanha de recolha de bens para Moçambique

Através das Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários e Juntas de Freguesia do concelho, a Câmara Municipal de Gouveia está a realizar uma ação de recolha de bens de primeira necessidade para apoiar a população moçambicana atingida pelo ciclone Idai.

A autarquia presidida por Luís Tadeu refere, em comunicado, que a recolha de bens de primeira necessidade engloba alimentos, medicamentos e produtos de higiene e de limpeza.
O município de Gouveia apela à solidariedade de todos quantos possam ajudar e apoiar as vítimas, “através da doação de medicamentos (essencialmente para infeções gastrointestinais e analgésicos), produtos alimentares enlatados com período de validade prolongado, produtos para o tratamento de água e produtos de higiene pessoal e de limpeza de instalações”.
Segundo a autarquia, os donativos deverão ser entregues nas Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários e nas Juntas de Freguesia do concelho, “sendo que todos os bens serão posteriormente recolhidos pelo município e enviados para Moçambique, em articulação com o Ministério dos Negócios Estrangeiros”.
A passagem do ciclone Idai em Moçambique, no Zimbabué e no Maláui fez pelo menos 761 mortos, segundo os balanços oficiais mais recentes. Em Moçambique, o número de mortos confirmados subiu hoje para 446, no Zimbabué foram contabilizadas 259 vítimas mortais e no Maláui as autoridades registaram 56 mortos. A cidade da Beira, no centro litoral de Moçambique, foi uma das mais afetadas pelo ciclone, na noite de 14 de março.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close