Mais Beiras Informação

Informação regional

GNR reforça combate à sinistralidade com a operação “Estrada Segura”

Arranca esta quinta-feira, 31 de janeiro, a Operação “Estrada Segura” da Guarda Nacional Republicana (GNR).  O objectivo é reduzir a sinistralidade rodoviária grave na sequência do número de acidentes e vítimas registados em 2018 que na Guarda foi de 1.537 acidentes. Ao invés da tendência no resto do país, na Beira Interior o número de vítimas mortais nas estradas baixou no ano passado.

A presença da GNR nas estradas vai ser reforçada a partir de amanhã e até à próxima segunda-feira, 4 de feveiro, com o intuito de combater a sinistralidade rodoviária grave e incutir comportamentos mais seguros nos condutores. A GNR lembra que em 2018 e segundo uma análise de dados provisórios da sinistralidade rodoviária grave, foi possível apurar que 69% dos acidentes, em que resultaram vítimas mortais e feridos graves, ocorreram em estradas nacionais (170 mortos) e arruamentos (103 mortos), com especial incidência nos distritos de Porto, Santarém, Setúbal e Faro.

Ao invés da tendência no resto do país, na Beira Interior o número de vítimas mortais nas estradas baixou no ano passado. No ranking nacional, tanto Guarda como Castelo Branco estão na lista dos seis distritos com menos vítimas.No distrito da Guarda registou-se uma redução na sinistralidade. Em 2018 ocorreram 1.537 acidentes, menos dez que em 2017. O número de feridos graves no ano passado foi de 46, menos 15 que em 2017 (61). No entanto, o número de vítimas mortais foi de 14 tanto em 2018 como em 2017.
No distrito de Castelo Branco registou-se uma redução de três mortos: em 2017 haviam sido 15 e em 2018 foram 12. Também o número de acidentes e de feridos graves baixou de 1.839 para 1.790 e de 81 para 66, respetivamente.
No ranking nacional, tanto o distrito da Guarda como o de Castelo Branco estão na lista dos seis distritos com menos mortos. A nível nacional, registaram-se 513 vítimas mortais, mais três do que em 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close