Diretor: Paulo Menano

SUCESSO NO TRADICIONAL CORTEJO DE OFERENDAS DE FORNOS DE ALGODRES

O Município de Fornos de Algodres organizou no dia de ontem, 28 de julho, pelas 20h30, o tradicional cortejo de oferendas na Vila de Fornos de Algodres, em que as freguesias voltaram a desfilar pelas ruas da vila.

<<Estas iniciativas fazem-nos sentir ativos>>, salienta José.

Trata-se de uma recriação do cortejo de oferendas realizado em 1955 da santa casa da misericórdia de Fornos de Algodres, sendo que este ano as oferendas reverteram a favor da Loja Social.

“Queria do fundo do coração dizer um bem-haja, isto ajuda muita gente, a solidariedade é um valor importante e deve continuar vivo, a sociedade moderna precisa de ser solidária, sem solidariedade morremos todos um pouco e perdemos a capacidade de olharmos para o lado, de vermos mais além das nossas necessidades”, como refere o Padre Jorge.

O eixo comercial da vila encheu-se de alegria, cantares e danças, onde cada freguesia trouxe um tema dedicado à tradição.

“Estas iniciativas fazem com que a gente envelheça, mas com divertimento”, menciona Helena.

O Cortejo de Oferendas contou com a participação de onze grupos representativos de freguesias do município de Fornos de Algodres. Cada grupo interpretou o hino do seu território, bem como alguns cânticos originais preparados nas aulas do Programa de Envelhecimento Ativo “Fornos Vida”.

“ Quero dar os parabéns a todos os que participaram no cortejo, foram fantásticos, estamos todos orgulhosos da vossa prestação”, refere o professor Ricardo.

“Este convívio rejuvenesce-nos”, refere Maria.

O Presidente da Câmara, Manuel Fonseca, agradeceu o contributo dado por cada um dos intervenientes (professores e alunos) para tão bonita festa de revisitação das tradições locais, garantindo a todos os presentes, que o Cortejo será novamente uma realidade em 2018, pois esta é uma aposta ganha do Município de Fornos de Algodres.

“Este já é o terceiro ano que organizamos este cortejo, cada vez há mais gente, quero agradecer a todos pelo trabalho desenvolvido, não só neste cortejo, mas ao longo do ano, isto só é possível com o apoio de todos vocês. O espírito de solidariedade continua a existir nas nossas freguesias, fico muito comovido quando vejo a forma como todos aderiram a este cortejo”, Alude Manuel Fonseca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close