Diretor: Paulo Menano

FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL VAI INVESTIR 600 MIL EUROS NO CAMPEONATO PORTUGAL

A Cidade do Futebol recebeu, esta segunda-feira, a 2.ª edição do Workshop Campeonato de Portugal. Clubes, Associações e FPF discutiram os caminhos da competição

O evento decorreu na Cidade do Futebol, nos auditórios 1 e 2, o debate, que reuniu quase uma centena de representantes do Campeonato de Portugal, centrou-se em temas inteiramente relacionados com a competição, mais concretamente nos seus diferentes organizativos, financeiros ou de áreas relativas à segurança, disciplina, Ranking fair play, licenciamento e Certificação, formação de dirigentes, inovação tecnológica ou o combate à manipulação de resultados.

Entre os oradores estiveram presentes Paulo Lourenço, secretário geral da FPF, Pedro Dias e Júlio Vieira, da direção federativa, ou Carlos Lucas, diretor de competições e eventos, João Morais, da Unidade de Competições, Pedro Cardoso, da Direção de Tecnologia, Rute Soares, assessora jurídica da FPF e Henrique Rodrigues, assessor do Conselho de Disciplina da FPF.

Os participantes tiveram ainda a oportunidade de esclarecer todas as dúvidas sobre as mudanças para esta nova edição do Campeonato de Portugal.

Pedro Dias, diretor da FPF, vincou a importância de mais uma sessão de esclarecimentos sobre a competição: “O objetivo é dar continuidade ao trabalho que tem sido desenvolvido pela FPF junto das Associações de futebol e dos clubes. Tem sido um trabalho de construção partilhada, um espaço de reflexão, análise e de discussão, no sentido de implementar as melhores práticas e os procedimentos nas nossas diversas competições, neste caso no Campeonato de Portugal”, referiu, à margem do workshop.

O diretor da FPF considerou, ainda, muito enriquecedora esta troca de experiências e conhecimentos entre as partes envolvidas: “O balanço é extremamente positivo, quer no que diz respeito às intervenções, quer em termos da pertinência das observações e das oportunidades de melhoria, seja por parte dos clubes ou das Associações. Estes têm sido momentos que nos ajudam. Na nossa opinião, são espaços privilegiados para que a FPF, como entidade reguladora do futebol português, possa melhorar os seus processos, enriquecer os seus serviços, com o contributo daqueles que estão no terreno, nomeadamente dos clubes e das Associações de futebol”, finalizou.

A Federação Portuguesa de Futebol, vai investir 600 mil euros no Campeonato Portugal, investimento que consiste em filmar os 40 jogos semanais e disponibilizar os mesmos, numa plataforma onde apenas os clubes têm acesso.

A F.P.F informou ainda que muito em breve irá surgir o programa para a certificação de escolas e academias de futebol.

Decorrerá ainda entre os dias 2 de outubro e 26 de dezembro, os cursos de formação de dirigentes, podendo os mesmos ser realizados de forma presencial ou à distancia.

A Associação de Futebol da Guarda fez-se representar neste workshop, através de Paulo Menano, Vice-Presidente e Artur Lobão, Coordenador Técnico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close