Mais Beiras Informação

Informação regional

“Este projecto foi pensado para ser de proximidade”

Natural de Fornos de Algodres, João Miguel Almeida é sócio-gerente da empresa Código Poupança Hipermercados, uma empresa que classifica como sendo de “proximidade” para com o cliente.
No mercado há três anos, o empresário decidiu investir na própria terra depois de vários anos de experiência na área dos hipermercados. “Preços estáveis e competitivos”, qualidade no atendimento e agora o novo serviço Paga Aqui, que permite ao cliente fazer pagamentos de faturas, carregamentos de telemóvel e pagamentos ao estado, são algumas das caraterísticas que distinguem o serviço prestado pela equipa da empresa Código Poupança Hipermercados.

 O que é a Código Poupança?
A empresa Código Poupança é um projecto de hipermercado que não deixa de ser comércio tradicional, que não está ligado a nenhuma insígnia a nível nacional. O nosso objectivo foi criar um espaço com dimensões semelhantes ao dos hipermercados mas sem fidelização com nenhuma marca por forma a conseguirmos obter preços estáveis e competitivos.

 Está no mercado há quanto tempo?
Abrimos em Setembro de 2015, celebramos este ano três anos de existência.

 Como surgiu esta ideia de negócio?
Já tinha trabalhado num hipermercado na Guarda, no Modelo do grupo Continente, e tinha algum conhecimento quer da área, quer do mercado em si, e achei que seria uma oportunidade de negócio tendo em conta a experiência que já possuía. Na altura, quando andávamos a montar o espaço, tive algumas propostas de empresas franchisadas, como o Meu Super e Minipreço, para montar loja. No entanto, este projecto foi pensado para ser de proximidade. Sempre me quis distanciar das insígnias e das obrigações para com os grandes grupos. Desta forma, faço as campanhas e promoções que quero, sem ter obrigações com as insígnias.

 O que vos distingue dos restantes híper ou supermercados?
Conhecemos os clientes e eles conhecem-nos a nós, por vezes até já sabemos os dias em que virão às compras. Por outro lado, ao nível de preços, conseguimos ter preços mais estáveis e baixos, sem oscilações. Esta é uma das vantagens de não estarmos ligados a grandes grupos nacionais. Temos a liberdade de comprar onde queremos, ao contrário do que acontece nos franchisings, comprar as quantidades reais que necessitamos, e negociar preços directamente com os fornecedores, o que nos permite ter um preço base de compra e de venda sempre baixo. Por norma, opto por comprar directamente às empresas, como é o caso da Lactogal, da Danone, da Nestlé, entre outros, eles próprios fazem as reposições e recolhas dos produtos.

 Houve necessidade de colmatar alguma lacuna existente no mercado de Fornos de Algodres?
Digamos que sim. Na altura, já existia um outro hipermercado franchisado (Minipreço) que entretanto fechou e deu lugar ao supermercado Coviran que também encerrou, e há uns anos reabriu sob nova gerência mediante insígnia nacional.

 Quantas pessoas empregam?
A nossa equipa é composta por oito elementos que asseguram o funcionamento da empresa de segunda a domingo durante todo o ano das 8h30 às 20h30 ininterruptamente. Fechamos apenas três dias por ano: no primeiro dia de janeiro, domingo de páscoa e dia de natal.

 Como classifica o mercado em Fornos de Algodres?
Fornos de Algodres é um meio pequeno, com algumas limitações ao nível do emprego e isso reflecte-se no bolso das pessoas. Nos últimos anos, o mercado mudou muito. Antigamente as pessoas faziam compras para um mês inteiro. Atualmente já não é assim porque as pessoas não têm a disponibilidade financeira de outros tempos. Os clientes compram menos quantidade por mais vezes, o que para nós é bom porque acabamos por ter sempre movimento em loja.

 O que podem os clientes esperar desta casa?
Um atendimento de proximidade, cuidado e direccionado à necessidade de cada cliente. E, a pensar nesta proximidade e nas necessidades do cliente, nomeadamente os de mais idade, que não possuem internet ou cartão multibanco, temos agora o serviço de Paga Aqui. Através deste novo serviço as pessoas podem pagar aqui tudo o que seja despesas com entidade e referência, nomeadamente, luz, carregamentos de telemóvel, pagamentos ao estado etc, sem qualquer custo adicional ao cliente.

 

  

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close