Mais Beiras Informação

Informação regional

Detenções na região por tráfico de seres humanos

No âmbito da Operação Lusar, cinco portugueses foram detidos por suspeita de tráfico de seres humanos, numa colaboração da Guarda Civil espanhola com a Polícia Judiciária portuguesa e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. As detenções foram realizadas após terem sido feitas buscas nas zonas de Sabugal, Covilhã, Belmonte e Santa Comba Dão, e em Espanha, na zona de Segóvia.

Segundo informações veiculadas pelas Guarda Civil espanhola foram identificadas cerca de 30 vítimas de origem portuguesa, entre elas uma menor de 16 anos. Eram sobretudo pessoas que se encontravam a fazer trabalhos agrícolas em Navarra e La Rioja e que estavam em condições precárias.
As detenções foram realizadas após a Guarda Civil e a PJ terem realizado buscas nas zonas de Sabugal, Belmonte, Covilhã e Santa Comba Dão, e em Espanha, na zona de Segóvia.
A PJ refere, também comunicado, que, no âmbito da Operação Lusar, cujas diligências decorreram a 16 de outubro, foi desmantelada uma associação criminosa que, nos últimos anos, traficou pessoas para exploração laboral e foram detidas cinco pessoas, uma em Portugal e quatro em Espanha.
Os quatro portugueses foram detidos por suspeitas de vários crimes de tráfico de seres humanos, para exploração de mão-de-obra. Foi ainda investigado um cidadão espanhol. Durante a operação foram encontrados e apreendidos duas caçadeiras, munições, objetos vários e documentos correlacionados com os crimes praticados.
As vítimas eram captadas em Portugal, em contextos sociais muito vulneráveis, sendo oferecidas condições de trabalho aparentemente atrativas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close