Diretor: Paulo Menano

CTT de Fornos de Algodres reabriram hoje

Os CTT – Correios de Portugal reabriram esta manhã a loja de Fornos de Algodres, no distrito da Guarda, nas mesmas instalações onde funcionavam antes de encerrar em finais de 2018.

“Esta é a 29.ª Loja em sede de concelho a ser reaberta, no âmbito do compromisso público dos CTT de reabrir Lojas únicas em sede de concelho, tendo em vista o reforço da elevada proximidade às populações e da capilaridade da rede, não procedendo, como já foi tornado público, a novos encerramentos”, referem os CTT em comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo a nota, a Loja CTT de Fornos de Algodres reabre no mesmo local onde funcionava anteriormente, na rua Zona Sul, n.º 4A, Loja 2, e estará aberta nos dias úteis das 09:00 às 12:30 e das 14:00 às 17:30.

Contactado pelo Maisbeiras Informação, o presidente da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, Manuel Fonseca, afirmou ter-se feito justiça, com esta reabertura de serviços.

“Foi uma luta que o município e os fornenses travaram no sentido de reverter um serviço que nos foi retirado e que é importantíssimo para o concelho”, afirmou.

Manuel Fonseca lembrou que com o fecho da loja dos CTT a população não ficou privada dos serviços essenciais, uma vez que o posto instalado na junta de freguesia permitia assegurar os serviços mínimos e mais importantes para Fornos de Algodres, mas afirma que “o concelho estava privado de algumas valências , e com a reabertura da loja essas valências puderam regressar a Fornos, tais como a Cetelem, os certificados de aforro, e outros serviços igualmente importantes.”

Segundo o Presidente, o papel da câmara foi de “desde o principio não aceitar o fecho e executar uma série de diligencias com a empresa CTT. Falámos com o Ministério das Infraestruturas, com o ministro Nuno santos, e entre reuniões e insistências para reabrir a loja, o papel que a Câmara teve foi o de, nunca se conformar com o fecho da loja.”

No comunicado, os CTT indicam que, tendo em conta o atual contexto de pandemia e as regras de confinamento em vigor, “não farão, desde já, uma inauguração oficial com presença da Comissão Executiva, respeitando desta forma as regras em vigor e adiando o evento para quando as autoridades competentes assim o permitirem”. Manuel Fonseca, afirmou ainda que ” daqui a dois ou três meses poderá fazer-se uma inauguração simbólica com a presença do executivo. “.

Os CTT informam também “que não existe um cronograma definido para a reabertura de lojas CTT, dado que é necessária uma análise detalhada a todas as variáveis envolvidas para que se efetue a reabertura”.

A fonte lembra que, até ao momento da reabertura, “as populações têm em cada local um posto de correio que presta todos os serviços do serviço público universal e ainda o pagamento de vales de pensões e faturas”.

 

 

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close