Diretor: Paulo Menano

Agrupamento de Escolas Fornos de Algodres inaugurou Sala do Futuro

O Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres, em parceria com a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM BSE) e o Município local, inaugurou na manhã desta quarta-feira a Sala Sensorial, um sala inclusiva, apetrechada com equipamentos de tecnologia de ponta que vai servir toda a comunidade escolar, mas que também poderá servir outras escolas ou instituições da região. O investimento nesta “sala do futuro” situou-se nos 40 mil euros.

“Uma Sala do Futuro no Presente que coloca a tecnologia ao serviço da educação”. Foi desta forma que Artur Oliveira, director do Agrupamento, classificou esta Sala Sensorial, um novo espaço que será “uma mais-valia para alunos e professores” de todo o concelho, apetrechado com equipamentos tecnológicos que apelam aos sentidos e introduz novas metodologias de ensino”. Para Artur Oliveira, a inauguração deste novo espaço é “a concretização de um sonho” cuja inspiração “surgiu de Londres, na sequência de uma deslocação no âmbito do programa Erasmus +”.
Os equipamentos, robots, quadros e jogos interactivos, impressoras 3D, entre muitos outros, são de última geração e estão adaptados também a crianças com necessidades educativas especiais sendo, portanto, “uma sala inclusiva”, refere o responsável.
No que se refere a investimento, Artur Oliveira adiantou ao Notícias de Fornos que “rondou os 40 mil euros, sendo que 25 mil foram suportados pela CIM-BSE e o restante pela autarquia de Fornos de Algodres”, entidades às quais agradeceu todo o empenho no processo.
Em termos de rentabilidade deste novo espaço, o responsável que “a Sala está ao dispor de todo o Agrupamento podendo, no entanto, ser utilizada por várias entidades para formações, por exemplo, sendo que esse processo de cedência terá de ser feito mediante marcação prévia”.  No que se refere a projetos futuros, Artur Oliveira adianta que “no próximo ano lectivo o Agrupamento irá começar a leccionar, através da oferta complementar, a disciplina de Programação no 5º e 6º anos de escolaridade”, como forma de rentabilizar os recursos e preparar os alunos para as novas tecnologias.

A inauguração contou com a presença de membros do Município de Fornos de Algodres, nomeadamente, Manuel Fonseca, presidente do executivo, Alexandre Lote, vice-presidente e Bruno Costa, vereador do Ambiente. Em representação da CIM BSE esteve  António Miraldes, bem como vários presidentes de junta, docentes, alunos e comunidade em geral.
Na ocasião, Manuel Fonseca, destacou o “mérito do Agrupamento ao apostar num projeto inovador”, apelando ao jovens estudantes que façam bom uso destas novas tecnologias”.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close