Diretor: Paulo Menano

AF Viseu, FPF e autarquias rubricam protocolos de colaboração para valorizar desporto de recreação e lazer

O Auditório Carlos Costa, na sede da Associação de Futebol de Viseu (AF Viseu) foi palco esta quarta-feira, 19 de junho, da cerimónia de assinatura de protocolos de colaboração entre a AF Viseu, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), as autarquias de Castro Daire, Lamego e Penalva do Castelo e a Associação dos Amigos de Jorge Caride. Os protocolos em causa visam valorizar desporto de recreação e lazer.

A cerimónia de assinatura dos protocolos decorreu esta quarta-feira, na sede da AF Viseu e abrangem, entre outras provas, torneios e atividades desportivas. No município de Castro Daire o protocolo rubricado refere-se à Taça Municipal de Futebol; no município de Lamego, em conjunto com  Associação dos Amigos de Jorge Caride, abrange o Torneio Solidário de Futsal 24h e, em Penalva do Castelo, os Jogos Desportivos.
Com os protocolos agora rubricados pretende-se “enquadrar vários torneios e provas de futebol e futsal no Segmento de Recreação e Lazer, passando assim a estar sobe a alçada da FPF e das associações distritais, e os seus praticastes inseridos no universo do futebol federado”, continuando a potenciar e valorizar o futebol e o futsal distrital, salienta a AF Viseu em comunicado.
Na cerimónia de assinatura, José Alberto Ferreira, presidente da AF Viseu, sublinhou a importância destes protocolos, sobretudo porque vão permitir que as várias atividades e iniciativas desportivas sejam ainda mais reconhecidas e disponham de todas as condições para os seus atletas.
Fernando Gomes, presidente da FPF, destacou que estes protocolos não vão mudar os torneios e provas de futebol e futsal, que já se realizam, mas dar “um cunho de homologação e mais credibilidade”, garantindo a segurança dos atletas. O dirigente máximo do futebol nacional aproveitou ainda para referir que foram já assinados 60 protocolos, em todo o país e que, atualmente, a FPF tem mais de 25 mil atletas de recreação e lazer.
Para Paulo Almeida, presidente da Câmara Municipal de Castro Daire, a assinatura deste protocolo “é um passo mais à frente na intervenção de uma autarquia no desporto”. “Vai permitir crescer e evoluir, sendo um passo na qualidade desportiva do concelho e futuramente, se todos seguirmos este caminho, da região”, destacou o autarca.
Já Agostinho José Costa Coelho, presidente da Associação dos Amigos de Jorge Caride, lembrou que esta é uma mais-valia na realização das atividades desta associação que nasceu há 16 anos, em Lamego.
António Alves da Silva, vice-presidente da Câmara de Lamego, afirmou que este protocolo é uma “ajuda enorme na organização, na certificação e naquilo que é a gestão de um evento de futebol”.
Francisco Lopes Carvalho, presidente da autarquia de Penalva do Castelo, destacou que esta é “uma forma de legalizar o que já vinha sendo feito”. Os jogos desportivos vão já na 16ª edição e movimentam mais de 400 atletas. Com o Decreto Lei havia que legalizar”, concluiu.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close