Mais Beiras Informação

Informação regional

10 projetos finalistas no concurso de boas práticas de envelhecimento ativo e saudável

Quase 200 entidades participaram no concurso de boas práticas de envelhecimento ativo e saudável na região Centro, cujas 10 candidaturas finalistas foram agora divulgadas. Da região das Beiras e Serra da Estrela foram apresentadas 23 candidaturas, da Guarda foram seis.

As candidaturas apresentadas no concurso de boas práticas de envelhecimento ativo e saudável na região Centro, cujo objectivo é “aumentar a divulgação e o reconhecimento de projetos e iniciativas que promovam o envelhecimento ativo e saudável”, foram concebidas por 188 entidades, tendo sido admitidas 148 projetos a concurso.
Segundo a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), com sede em Coimbra, as candidaturas “traduzem uma grande diversidade institucional, temática e geográfica”. Os promotores das candidaturas estão localizados em 59 dos 100 municípios da região Centro. Por sub-região, destacam-se Coimbra (39 candidaturas), Aveiro (34), Beiras e Serra da Estrela (23) e Leiria (18). Os concelhos com mais candidaturas apresentadas são os Coimbra (20), Leiria (12), Aveiro (10) e Guarda (6). Os projetos vencedores serão divulgados no 6º. Congresso Regional Envelhecimento Ativo e Saudável, que se realiza em Coimbra, no dia 20 de novembro.

Número de candidaturas aumentou face ao ano anterior
“Face à edição de 2017, verificou-se um aumento de 16% no número de candidaturas admitidas a avaliação”, anunciou a CCDRC. Foram acolhidas 21 candidaturas na categoria “Conhecimento+”, 45 na categoria “Saúde+” e 82 na “Vida+”, informou em comunicado a CCDRC, presidida pela professora universitária Ana Abrunhosa.
“Por tipo de organização, cerca de 71% das boas práticas foram promovidas por três tipologias de atores: autarquias locais (38%), instituições particulares de solidariedade social (21%) e instituições de vários graus de ensino, desde o universitário ao profissional, ao secundário e ao básico (12%)”, acrescentou.
Registou-se “um aumento das candidaturas apresentadas em parceria/consórcio”, tendo passado de 4%, em 2017, para 17%, em 2018.
O concurso de boas práticas de envelhecimento ativo e saudável do Centro é promovido pela CCDRC, em colaboração com os membros fundadores do consórcio Ageing@Coimbra: Universidade de Coimbra, Administração Regional de Saúde do Centro, Instituto Pedro Nunes, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e Câmara Municipal de Coimbra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close