Diretor: Paulo Menano

Plano Ferroviário Nacional propõe redução do tempo de viagem nas ligações Fornos de Algodres-Lisboa e Fornos de Algodres-Porto

O Plano Ferroviário Nacional, lançado recentemente, será aprovado pelo Governo até março de 2022 e tem como principais objetivos afirmar o caminho-de-ferro como o modo de transporte de elevada capacidade e sustentabilidade ambiental.
O Governo pretende com este Plano responder às necessidades de acessibilidade, mobilidade, coesão e desenvolvimento através de uma cobertura adequada do território, com ligação e redução dos tempos de viagem entre os diversos destinos, ligações transfronteiriças ibéricas, integração na rede transeuropeia e ligação dos terminais de mercadorias aos portos e terminais logísticos.
Os investimentos em causa vão ainda permitir a circulação de comboios com maior comprimento e a utilização de linhas eletrificadas e com sinalização eletrónica instalada.
Este plano e as alterações pretendidas beneficiam a população do Município de Fornos de Algodres que vê reduzido o tempo de viagem para Lisboa (com ligação em menos de 3 horas) e para o Porto (menos de 1 hora) através de uma nova linha, Aveiro – Mangualde, que permitirá a ligação de Fornos de Algodres a Viseu por este meio de transporte.
Destaque ainda para a região a reabertura da linha da Beira Baixa entre a Covilhã e a Guarda.
Neste momento encontra-se a decorrer a fase de auscultação (até julho de 2021) em que qualquer cidadão pode enviar contributos para o Plano através de https://pfn.gov.pt/contributos/ .

Ao continuar a usar o site, você está a concordar com a utilização de cookies. mais informação

As configurações de cookies neste site são definidas para "permitir cookies" para fornecer a você a melhor experiência de navegação possível. Se continuar a usar este site sem alterar suas configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, você concorda com isso.

Close